Qual a melhor forma para comprar um imóvel?

Vai comprar um imóvel? Saiba as melhores formas de pagamento, segundo seu perfil!

Comprar um imóvel é uma decisão importantíssima e, para muitos, é um sonho a ser realizado. Entretanto, a adquirir um imóvel, seja para morar ou investimento, requer vários fatores que necessitam ser cuidadosamente avaliados.

E a forma de pagamento é um dos fatores que causam mais dúvidas entre os compradores em potencial. Qual a melhor forma, fazer um financiamento, parcelar o pagamento ou pagar à vista? É exatamente por essas dúvidas que, neste post, apresentaremos modalidades de pagamento, esclarecendo algumas dúvidas frequentes sobre o assunto. Saiba qual é a melhor forma de adquirir sua casa ou apartamento de acordo com seu perfil!

Verifique qual a melhor forma para você comprar um imóvel:

Confira a melhor forma de comprar um imóvel

 

 

 

Utilize o FGTS

O FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – é depositado mensalmente por empresas aos seus funcionários com carteira assinada. Ele pode ser utilizado para pagar totalmente ou parcialmente o imóvel.

Para obter o benefício, a pessoa não pode possuir outro imóvel. Precisa também comprovar que trabalha há pelo menos três anos sob o regime do FGTS.

O imóvel pretendido necessita estar localizado no perímetro urbano, na mesma região metropolitana onde a pessoa exerce sua principal ocupação. Entretanto, o valor do bem não pode ultrapassar o montante de R$ 500 mil.

Faça um Consórcio

Esta é uma opção para quem pretende comprar um imóvel, mas não possui a necessidade de adquirir o bem imediatamente.

O adquiridor do consórcio define o valor da Carta de Crédito e paga prestações sem juros. É importante saber que uma taxa de administração é inserida no valor da parcela.

Nesta modalidade, o participante pode ser contemplado por sorteio ou pode fazer um lance. Também é permitida a utilização do FGTS na aquisição do imóvel.

Adquira um imóvel à vista

Nem todos possuem o valor para comprar um imóvel à vista, não é mesmo? Mas se esta for a sua realidade, e você possuir economias guardadas, negocie bastante! Pechinchando é possível conseguir um bom desconto com o pagamento à vista.

Se você possui dinheiro disponível é possível fechar um ótimo negócio. Negocie o pagamento à vista ou ofereça um bom valor de entrada para a redução do prazo do financiamento.

 

Utilize um Financiamento Habitacional:

Se pretende comprar um imóvel, mas não possui todo o dinheiro para adquiri-lo, o financiamento habitacional pode ser uma opção.

As taxas do financiamento habitacional são muito atraentes especialmente se as compararmos com a taxa básica de juros – SELIC (taxa que define o piso dos juros no país). Caso seu banco esteja praticando taxas de financiamento imobiliário menores do que a taxa SELIC, o financiamento é atrativo.

Dê uma entrada: se possui economias guardadas ou tem a possibilidade de vender algum bem, dê uma boa entrada para reduzir o valor financiado. O valor do FGTS pode também ser utilizado para dar essa entrada.

Descontos: no caso do financiamento, é possível conseguir descontos nas taxas. Ações como colocar a prestação do financiamento em débito automático ou transferir sua conta salário para o banco podem gerar descontos.

Dica: se possui dinheiro para adquirir imóvel, mas, prefere manter esse capital investido, uma possibilidade é investir o dinheiro em renda fixa. Assim você pode pagar o financiamento com os juros recebidos do investimento. Isso porque se a taxa SELIC for bem maior que a taxa de juros do financiamento, você pode pagar as prestações com o ganho de juros da sua aplicação financeira e manter seu patrimônio.

Saia do aluguel com o Financiamento Habitacional

O financiamento habitacional pode ser uma ótima opção para quem planeja comprar um imóvel. Para quem paga aluguel e pretende adquirir um imóvel pronto para morar, o valor das parcelas pode assemelhar-se ao aluguel mensal.

Mas, se a ideia é comprar imóvel na planta, é preciso fazer uma boa análise para não pesar no orçamento. Mesmo o imóvel na planta podendo ser mais barato que o imóvel pronto, o aluguel e a prestação juntos pode representar um valor alto. Neste caso, pode valer a pena poupar para a aquisição futura de um imóvel à vista. Ou seja, para quem mora de aluguel, a compra de um imóvel pronto pode ser mais vantajosa.

O bom investimento é aquele que fazemos de maneira consciente

Um bom investimento imobiliário é aquele que fazemos de maneira consciente e, principalmente, respeitando os limites de nosso orçamento. Assim sendo, sua escolha depende não apenas das taxas envolvidas, mas, especialmente, do planejamento econômico e financeiro para o futuro.

Ainda há alguma dúvida sobre a melhor forma de comprar um imóvel? Entre em contato com os consultores da Mocambo Imóveis! Teremos o maior prazer em recebê-lo e solucionar suas dúvidas. Preparamos mais um post interessante para você: Comprar imóvel na planta ou pronto: qual é o melhor?

 

 

 

 

 

 

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *