Morar em Condomínio ou casa em Bairro: o que é melhor?

Veja qual opção é mais vantajosa para você!

Residir em um local capaz de garantir mais segurança, privacidade e espaço tem se tornado uma opção de muitas famílias. E isso é claramente percebido pelo aumento da quantidade de condomínios fechados que foram construídos nos últimos anos.

Entretanto, a imagem que popularmente se tem acerca de viver em condomínios é que o custo de vida é mais alto do que o de morar em um bairro convencional. No entanto, antes de se fazer afirmações, é interessante analisar não só os custos, mas os benefícios oferecidos para se ter uma noção real se, de fato, morar em condomínios fechados é mesmo mais caro.

Porém, será que morar em um condomínio é uma opção vantajosa para você? Para que você possa tomar uma decisão sobre o que é melhor, se é morar em condomínio ou em uma casa em bairro, separamos alguns pontos a serem levados em consideração antes de adquirir ou alugar seu próximo imóvel.

Analise os diferenciados serviços que o condomínio oferece

Além de maior privacidade, em um condomínio há bens coletivos, a serem usufruídos por todos os moradores, como segurança e áreas de lazer, que se diferenciam de condomínio para condomínio.

O valor da mensalidade é determinado com base na fração ideal (tamanho do imóvel) incluindo os custos dos bens coletivos que são também divididos entre os condôminos, ou seja, divididos entre várias pessoas, tornando os custos mais acessíveis. Assim, o valor do condomínio, de fato, pode até pesar no bolso.

Mas, em caso de uma casa de bairro que necessite de despesas com segurança, por exemplo, o morador arcará com este custo sozinho e, assim, os custos podem ser equivalentes ou pode valer a pena assumir a mensalidade do condomínio pelo custo-benefício que este oferece. Portanto, é interessante comparar esses gastos individuais e coletivamente, de acordo com seu perfil e necessidades, verificando o que seria mais vantajoso para seu estilo de vida.

Considere o item Segurança

O item segurança é um dos itens principais (se não for o principal) procurados por quem decide morar em condomínios. Hoje em dia, mesmo para aos que optam por viver em casas convencionais, há a necessidade de investir em segurança como portão eletrônico, cercas elétricas, câmeras de segurança e alarmes, por exemplo, para termos maior tranquilidade e qualidade de vida para nossas famílias. A segurança de um condomínio, além de ser 24h, conta também com o controle de acesso, evitando que pessoas sem autorização adentrem o local. E essa segurança está contemplada no valor da mensalidade, juntamente com agregados, e é dividida entre todos os moradores.

Gastos com Infraestrutura em Condomínios Novos

Se você pretende adquirir um imóvel em um condomínio novo, quando o valor pode ser mais atrativo, é importante saber que pode haver a necessidade de se investir em infraestrutura como câmeras de segurança, cerca elétrica, fibra óptica, por exemplo.

Tais custos podem ser adicionados à mensalidade do condomínio até que todo o serviço seja pago. Outra questão importante é que o condomínio pode exigir um padrão alto de construção, o que pode custar mais.  Portanto, conheça bem os condomínios e pesquise bastante antes de fechar o negócio.

Analise os custos para investidores

No caso de a aquisição do imóvel ser para investimento, é importante a análise dos custos ao comprar uma casa dentro de um condomínio. Todos sabemos que um imóvel para investimento que esteja vazio ou que está demorando para ser vendido é um investimento parado. Mas, se este imóvel parado está em um bairro convencional, não há a necessidade de arcar com os custos. Já uma casa em condomínio requer que as taxas sejam pagas durante o tempo em que o imóvel estiver desocupado.

Manutenção Constante

As manutenções são um item importante a ser pensado. Os custos de manutenção dos bens coletivos  são também rateados de maneira a minimizar os valores para cada um dos moradores.

Realizar manutenções é uma preocupação constante dos condomínios devido à questão da depreciação dos imóveis ano a ano.  Assim sendo, apesar deste custo, uma casa dentro de um condomínio acaba sendo mais bem valorizada do que uma casa fora dele, considerando que, nem sempre, o dono de um imóvel que esteja na rua tem a mesma preocupação com manutenções.

Ficaram mais claras as vantagens e desvantagens de se morar em condomínios fechados? Uma imobiliária de segurança, com uma grande carteira de clientes, possui o imóvel ideal, em um local que atenda às suas necessidades e expectativas e seja de acordo com o seu perfil, dentro ou fora de um condomínio fechado. Gostaria de mais informações sobre o assunto? Preparamos este link especialmente para você : Vantagens de Morar em Condomínio Fechado.

1

3 comentários em “Morar em Condomínio ou casa em Bairro: o que é melhor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *